OIMSF

Premiações

O Colégio Londrinense e o Anglo Londrinense conquistaram 120 premiações na olimpíada internacional Mathématiques sans Frontières deste ano, sendo 34 medalhas de prata e 11 de bronze na categoria “Nacional” e 34 de ouro, 11 de prata e 30 de bronze na categoria “Região Sul”.

A prova da fase única da competição, com a resolução colaborativa das questões no Google Documentos, foi aplicada no dia 13 de setembro. Todos os grupos do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio selecionados internamente - somente um representante por série de acordo com o regulamento - classificaram-se entre os melhores do país.

Amanda Boszczowski Carvalho - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Ana Beatriz Maiolli Stivanelli - 9º ano - bronze regional
Ana Beatriz Pugsley Santos - 1ª série - ouro regional e prata nacional
Antônio Almeida Pierotti Euzebio - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Beatriz Buccelli - 8º ano - ouro regional e prata nacional
Benício Cardoso Emerick - 6º ano - bronze regional
Bruna Ravaneda de Antonio - 9º ano - bronze regional
Bruna Rondina - 6º ano - bronze regional
Camila Ayumi Kawamoto - 1ª série - ouro regional e prata nacional
Carolina Gimenes Dmitruk - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Caroline Barros Fernandes Barbosa - 9º ano - bronze regional
Daniel Fiori Souza - 2ª série - prata regional e bronze nacional
Daniel Kenzo Matsuo - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Davi Lucas de Oliveira - 8º ano - ouro regional e prata nacional
Elisa Gonçalves Fujisao - 6º ano - bronze regional
Emily Kaori Ferreira - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Fabiane Saito Obata - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Felipe Vilela Ferreira - 6º ano - bronze regional
Fernanda Saori Hatumura - 6º ano - bronze regional
Gabriel Bettini de Castro - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Gabriel Kenji Kazuma Ueda - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Gabriela Barbosa Alves - 9º ano - bronze regional
Gabriela Poletti da Veiga - 6º ano - bronze regional
Gabrielle Panont Nakahara - 9º ano - bronze regional
Giuliana Ayumi Kobayashi Okino - 2ª série - prata regional e bronze nacional
Graciele Miki Sazaka - 1ª série - ouro regional e prata nacional
Gregório Hikaru Suzuki de Lima - 1ª série - ouro regional e prata nacional
Guilherme Bastos Gaspareli dos Santos - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Guilherme Eidi Matsumoto Fukuda - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Gustavo Martins dos Reis - 2ª série - prata regional e bronze nacional
Heloisa de Souza Alves - 6º ano - bronze regional
Henrique Bettini de Castro - 2ª série - prata regional e bronze nacional
Igor Kenzo Uguma - 7º ano - ouro regional e prata nacional
João Gabriel Montini Rossi - 1ª série - ouro regional e prata nacional
João Guilherme Capelari Belfort Sparapan - 6º ano - bronze regional
João Lucas Kakitani Rodrigues Siqueira - 6º ano - bronze regional
João Pedro Cardoso Goulart - 2ª série - prata regional e bronze nacional
João Pedro Santos Dias - 9º ano - bronze regional
João Romanholi de Azevedo - 9º ano - bronze regional
Júlia Candatem Koike - 6º ano - bronze regional
Larissa Camargo Vallim - 2ª série - prata regional e bronze nacional
Laura Garcia Martins - 6º ano - bronze regional
Leonardo Morita Montenegro - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Letícia Avelar Rosa - 8º ano - ouro regional e prata nacional
Lucas Assunção Hernandes - 6º ano - bronze regional
Lucas Batini Araujo - 2ª série - prata regional e bronze nacional
Lucas Farias Batista Pereira - 8º ano - ouro regional e prata nacional
Lucas Vasquez de Godoi - 8º ano - ouro regional e prata nacional
Luiza Pivetta Caldana - 2ª série - prata regional e bronze nacional
Marcello Buccelli - 8º ano - ouro regional e prata nacional
Maria Valentina Gomi Picolotto - 6º ano - bronze regional
Mariana de Almeida Piai - 8º ano - ouro regional e prata nacional
Maryane Ayumi Kosugue - 2ª série - prata regional e bronze nacional
Micaela Luisa Santos Dias - 6º ano - bronze regional
Miguel Rodrigues de Lima Davanço - 1ª série - ouro regional e prata nacional
Murilo Buccelli - 8º ano - ouro regional e prata nacional
Murilo Romano Oliveira - 6º ano - bronze regional
Myrelle Okabayaski Lopes - 2ª série - prata regional e bronze nacional
Nicolas Dallmann Gaspar - 6º ano - bronze regional
Nicolas Parro Nascimento - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Pedro Cavalli Moises - 6º ano - bronze regional
Pedro Prado Furich - 6º ano - bronze regional
Rafael Tagliamento Santana - 1ª série - ouro regional e prata nacional
Rafael Urias Lowe Barbosa - 7º ano - ouro regional e prata nacional
Renato Cândido da Silva - 8º ano - ouro regional e prata nacional
Sara Coaio Zanon - 6º ano - bronze regional
Sofia Alves Maiola - 2ª série - prata regional e bronze nacional
Sofia Oliveira Bettiol - 8º ano - ouro regional e prata nacional
Sofia Tiemi Kariya - 1ª série - ouro regional e prata nacional
Sophia Pereira de Almeida - 6º ano - bronze regional
Vicente Augusto Feitosa dos Santos - 6º ano - bronze regional
Vinícius Eduardo Fabiani Moreira - 1ª série - ouro regional e prata nacional
Vitor Antunes Pereira - 6º ano - bronze regional?
Vitor Valença Massaro - 6º ano - bronze regional
Yasmin Yokoo - 7º ano - ouro regional e prata nacional

Classificados

Cerca de 200 estudantes do Colégio Londrinense e do Anglo Londrinense participaram da fase única da olimpíada internacional Mathématiques sans Frontières no dia 13 de setembro.

Após a análise interna das soluções dos desafios propostos, organizadas pelas turmas no Google Documentos, o melhor conjunto de respostas de cada série foi enviado para a avaliação oficial: 6º ano MK, 7º ano MW, 8º ano MY, 9º ano MW, 1ª série MK e 2ª série MK. 

Fase Única

A prova da fase única da olimpíada internacional Mathématiques sans Frontières será aplicada no dia 13 de setembro, das 14h às 16h ou das 16h às 18h.

Cada turma do 6º ano ao Terceirão pode organizar a sua equipe, com cinco integrantes ou mais, e escolher um representante para receber o caderno de questões e as instruções no e-mail. Somente o melhor caderno de respostas de cada série será enviado à comissão avaliadora da competição, de acordo com o regulamento.

Os alunos podem definir a forma de comunicação durante a resolução colaborativa das questões no Google Documentos e utilizar livros de Matemática, calculadora, régua e outros materiais de apoio, mas não podem ter ajuda ou contato externos. O uso de um dicionário de língua estrangeira também é autorizado para elaborar a resposta ao primeiro exercício, que deve ser apresentada no idioma escolhido pela equipe

Convite

Os alunos do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio estão convidados para participar da olimpíada internacional Mathématiques sans Frontières, a maior competição interclasses de Matemática no mundo.

Cada turma deve organizar a sua equipe, com cinco integrantes ou mais, para a resolução colaborativa das questões propostas. Os participantes podem utilizar livros de Matemática, calculadora, dicionário e outros materiais de apoio.

As orientações da prova serão enviadas ao e-mail do estudante no dia 31 de agosto, com a data e o horário da aplicação e a plataforma virtual escolhida.

O melhor caderno de respostas de cada série será enviado à organização da MSF para a avaliação final da banca de especialistas. Os resultados estaduais e nacionais serão divulgados em 22 de novembro.